Buscar

Entenda o que é bioeconomia


De maneira objetiva, bioeconomia é a prática econômica que utiliza recursos biológicos como parte do processo produtivo.

Recursos biológicos são seres vivos. Falamos de bioeconomia quando falamos de biocombustíveis, compostagem, bioenergia e produção de biogás, por exemplo. Energia solar ou eólica ou reciclagem de materiais, por sua vez, estão ligadas apenas à sustentabilidade – muitas pessoas confundem os dois conceitos.

A bioeconomia surgiu para possibilitar soluções eficazes e coerentes para os problemas socioambientais contemporâneos: mudanças climáticas, crise econômica mundial, substituição do uso de energias fósseis, saúde, qualidade de vida da população, entre outros.

O principal objetivo é criar alternativas para substituir recursos fósseis e não renováveis. Mas há um problema dentro da política das instituições que impede a bioeconomia de causar as transformações que ela se propõe a causar: a maior parte


da matéria orgânica descartada, que poderia ser destinada a uma usina de biogás, por exemplo, é en


caminhada a aterros e lixões a céu aberto.

Difícil, não é? Este é o principal desafio da bioeconomia: encontrar organizações e instituições que estejam dispostas a fazer o encaminhamento correto dos resíduos orgânicos e, mais que isso, que dispõem dos materiais para comercialização.

Além disso, para que a bioeconomia atinja seu potencial máximo de transformação, é necessário que haja bas


tante investimento em pesquisa em biociência, tecnologias da informação, robótica e materiais.

Hoje, a biotecnologia moderna já possibilita o desenvolvimento de produtos e processos baseados na bioeconomia, como energia renovável, alimentos funcionais e biofortificados, biopesticidas, medicamentos e cosméticos, por exemplo. Incrível, né?

Este post é só mesmo para apresentar e introduzir o conceito a vocês. Acho super importante que fiquemos ligados nas tendências, especialmente aquelas que visam ajudar a manter o planeta firme e forte!

Eu me comprometo a acompanhar os avanços da bioeconomia e compartilhá-los com vocês. E vocês, ficarão ligados?


Fonte: MariaVirouEco